Destaques

Leia as principais notícias sobre o lançamento de livros, agenda de eventos científicos e pesquisas realizadas pelo Núcleo de Multimídia e Internet. 

NMI realiza oficinas para construção do Medialab

   

Reuniões para a reestruturação dos espaços para o Medialab
Fotos: Daniela Garrossini / Cristiane Arakaki

De volta ao Brasil, depois de uma viagem com duração de 10 dias, as pesquisadoras Daniela Favaro Garrossini e Cristiane Arakaki, trabalharam em conjunto com a equipe de profissionais equatorianos para a reestruturação dos espaços que serão ocupados pelo novo Medialab, laboratório de pesquisa que será implantado na capital do Equador e irá reunir estudantes, professores, cientistas, agentes culturais e programadores em um espaço aberto de criação e inovação voltado à geração de conhecimento, a partir da realidade local. “A busca é pela construção de um espaço em que os atores locais possam trabalhar de forma participativa e colaborativa em prol de um bem comum”, afirma Cristiane.

O Medialab é uma iniciativa do Centro Internacional de Estudos Superiores de Comunicação para América Latina (Ciespal) e do governo equatoriano, por meio do Yachay nome eleito para a primeira cidade do Equador pensada enquanto um sistema de inovação, negócios e alta tecnologia, criada como uma Universidade Científica e Experimental, com o apoio de institutos públicos e privados de desenvolvimento tecnológico. O trabalho de concepção do Medialab está sendo idealizado pelo NMI (Universidade de Brasília). Em fase de implantação e com lançamento previsto para junho deste ano, o laboratório será fundado no edifício sede do Ciespal, na cidade de Quito.  

Segundo Cristiane, o Medialab “é um ambiente onde será possível experimentar todo tipo de tecnologia e novas metodologias de atuação voltadas ao desenvolvimento de projetos de pesquisa em prol da comunidade”, explica.

Com iniciativas similares na Espanha, Portugual e no Brasil, o Medialab abrigará pesquisas aplicadas e o desenvolvimento de ações, ideias e produtos envolvendo temas pertinentes à comunicação, tecnologia, criatividade e inovação por meio da realização de oficinas, debates, encontros, conferências, exposição de artes visuais, projeção de vídeos e maratonas de programação em busca da solução de problemas.

Para Daniela Garrossini, a visita realizada foi de extrema importância para que os atores locais pudessem participar e colaborar no processo de idealização do Medialab. “Os participantes das oficinas promovidas trabalharam durante este período na concepção dos futuros espaços, nos tipos de projetos que serão realizados e nas atividades a serem desenvolvidas.”

Estão programadas novas visitas ao Equador no final do mês de fevereiro para a apresentação do modelo de gestão e dos resultados obtidos com o encontro realizado. 

Por: Ana Carolina Kalume Maranhão